Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Malaios saíram à rua em protesto contra fábrica de metais raros

Lusa Visão Verde

  • 333

Banguecoque, 26 nov (Lusa) - Cerca de 10.000 malaios manifestaram-se hoje nas ruas de Kuala Lumpur em protesto contra a abertura de uma fábrica de metais raros perante a qual estão contra devido a receios sobre a toxicidade do resíduos, revelou a imprensa da Malásia.

Depois de ouvirem os discursos dos líderes do protesto, os manifestantes dispersaram a concentração na capital da Malásia, onde centenas de manifestantes chegaram após uma marcha pacífica de 300 quilómetros durante 13 dias desde a cidade de Kuantan, onde está localizada a fábrica.

Vestidos de verde, os manifestantes, aos quais se juntaram centenas de pessoas em Kuala Lumpur, foram impedidos domingo de chegarem à Praça da Independência, onde os polícias colocaram barreiras.