Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de 2.600 trabalhadores saíram das empresas públicas de transporte até março

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 09 abr (Lusa) -- O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, afirmou hoje no parlamento que saíram 2.614 trabalhadores das empresas públicas de transportes no âmbito do programa de rescisões amigáveis por mútuo acordo desde janeiro de 2011 até março passado.

Na Comissão de Economia e Obras Públicas, Sérgio Monteiro apresentou dados atualizados relativos à adesão ao programa de rescisões amigáveis por mútuo acordo, explicando que os 2.614 trabalhadores que aderiram até março passado representam "uma redução de 16% da força de trabalho em relação ao que existia a 31 de dezembro de 2010".

O Governo definiu como meta a redução em 20% do número de trabalhadores das empresas de transportes, na proposta de Orçamento do Estado para 2013 (OE2013), dando continuidade à reduçao de custos no setor prevista no memorando de entendimento com a 'troika'.