Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Livro do Guinness reconhece japonês de 115 anos como o mais velho do mundo

Lusa Visão Verde

  • 333

Tóquio, 18 dez (Lusa) -- O livro Guinness dos recordes reconheceu hoje o japonês Jiroemon Kimura, de 115 anos, como a pessoa mais velha do mundo, depois da morte da norte-americana Dina Manfredini, também de 155 anos.

Jiroemon Kimura, que já era reconhecido como o homem mais velho do planeta desde abril de 2011, nasceu a 19 de abril de 1897, 15 dias depois de Dina Manfredini, que morreu segunda-feira em Johnston, no estado do Iowa.

Dina Manfredini tinha 'herdado' o título de pessoa mais velha do mundo há cerca de duas semanas, após a morte da também norte-americana Besse Cooper, de 116 anos, a 04 de dezembro.