Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Linha férrea da Trafaria é "inadmissível" e "ilegal" - GEOTA

Lusa Visão Verde

  • 333

Trafaria, Almada, 28 mai (Lusa) -- O presidente do Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente (GEOTA) considerou hoje "inadmissível" e "ilegal" a ligação ferroviária ao futuro terminal de contentores da Trafaria através da arriba fóssil da Costa da Caparica.

"Os impactos serão certamente muito significativos. Deve-se pensar seriamente se a obra deve ser feita ou não. A pouca informação que há sobre o projeto indica que é uma obra com utilidade duvidosa, com custo elevadíssimo e com impactos ambientais e sociais altamente lesivos, para além de uma metodologia de decisão inadequada", frisou Joanaz de Melo, em declarações à Lusa.

Alertando estarem em causa problemas económicos, sociais e ambientais, o responsável destacou "o mesmo padrão de método de decisão que levou à bancarrota do país" no anúncio feito hoje pela Refer de construir uma ligação ferroviária ao terminal da Trafaria que terá de atravessar a arriba fóssil da Caparica, classificada como área protegida.