Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Limite de 600 euros para corte nas pensões de sobrevivência "visa proteger as mais baixas" -- Hélder Rosalino

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 29 out (Lusa) - O secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, afirmou hoje que o Governo aceitou elevar o limite mínimo dos cortes nas pensões de sobrevivência para 600 euros, com vista a "proteger" as pensões mais baixas.

"Entendemos que os 419 euros nos parecia um valor adequado, mas com vista a proteger pensões mais baixas, aceitamos elevar o limite para os 600 euros", afirmou Hélder Rosalino, no Parlamento.

O secretário de Estado está a ser ouvido na comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública, no âmbito da apreciação na especialidade do regime de convergência de pensões.