Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jovens criam cooperativa para valorizar os produtos da terra na zona do Pinhal

Lusa Visão Verde

  • 333

Castelo Branco, 02 out (Lusa) -- A introdução no mercado de produtos provenientes da agricultura familiar ou de subsistência e produtos regionais transformados de forma tradicional, seguindo os princípios do comércio justo, é um dos objetivos do recém-criado projeto MaisTerra, disseram os seus promotores.

Nasceu na Sertã, mas abrange a área deste e dos concelhos de Proença-a-Nova, Oleiros, Vila de Rei e Mação, pela mão de oito jovens, com idades entre os 22 e os 27 anos, de áreas de formação académica diferentes, mas que partilham o gosto pelos produtos locais e pelos "velhos costumes".

Fábio Marçal, Nuno Farinha, Daniela Nunes, Sérgio Nunes, Sofia Matias, Joana Vale, Ana Marques e Nadine Castro são os timoneiros desta equipa que tem em fase de formalização uma cooperativa que visa "ajudar os pequenos produtores a escoar a sua produção e os excedentes, dando-lhes visibilidade e dimensão".