Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

João Goulão diz que retomar programa "Porto Feliz" faz sentido

Lusa Visão Verde

  • 333

Porto, 04 nov (Lusa) - O diretor do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), João Goulão, considerou hoje que a intenção do presidente da Câmara do Porto de recuperar o projeto "Porto Feliz" faz sentido se incluído numa "intervenção harmónica".

"Uma intervenção harmónica, integrada, na cidade do Porto dirigida à população toxicodependente, faz muito sentido", afirmou João Goulão, que falava à agência Lusa à margem da conferência "Novas Adições, Novos Desafios", organizada pela Administração Regional de Saúde do Norte.

O programa de tratamento e reinserção de toxicodependentes, que o presidente Rui Moreira disse querer "encontrar recursos" para reativar, foi iniciado no Porto no primeiro mandato do ex-autarca Rui Rio (PSD), em 2002, em colaboração com o Governo e a Segurança Social.