Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/Swap: Sem operação não havia financiamento que era urgente - Almerindo Marques

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 16 set (Lusa) - O antigo presidente da Estradas de Portugal (EP) Almerindo Marques afirmou hoje no parlamento que sem o contrato 'swap' celebrado em 2010 a empresa não teria conseguido obter financiamento para resolver "problemas urgentes" nem na banca nacional nem internacional.

"Sem 'swap' não se fazia a operação de financiamento, que era uma operação necessária", afirmou o antigo gestor na comissão parlamentar de Inquérito à Celebração de Contratos de Gestão de Risco Financeiro ('swap') por Empresas do Setor Público, onde está a ser ouvido.

Almerindo Marques defendeu que o contrato 'swap' celebrado em 2010, o único durante a sua administração, "não tem a complexidade de outras operações" feitas por empresas públicas, referindo que o contrato em causa tinha "o mérito de resolver os problemas urgentes e era uma operação de médio prazo que melhorava a pressão sobre a tesouraria da empresa".