Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/PPP: Retorno para acionistas da concessão Oeste vai começar pelo menos com 10 anos de atraso

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 10 jan (Lusa) - O presidente da Autoestradas do Atlântico, Manuel de Sousa Pereira, afirmou hoje que a previsão de retorno para os acionistas da concessão Oeste vai começar, "nas melhores expectativas", com dez anos de atraso.

Na comissão de inquérito parlamentar às parcerias público-privadas (PPP), Manuel de Sousa Pereira disse que "os acionistas tinham fundadas expectativas que [o investimento] começasse a ser remunerado em 2013", enquanto "neste momento, as melhores expectativas dos acionistas são que os seus capitais próprios comecem a ser remunerados em 2023".

O presidente da concessionária do Oeste (A8) disse aos deputados que a receita de portagem na autoestrada de Lisboa a Leiria, em 2012, ficou 44% abaixo do montante previsto no caso base.