Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/PPP: António Mendonça admitiu ter "vaidade" da concessão do comboio da ponte 25 de Abril

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 03 out (Lusa) - O antigo ministro das Obras Públicas, António Mendonça, admitiu hoje ter "vaidade" na concessão do eixo ferroviário norte/sul, mais conhecido como comboio da ponte 25 de Abril, citando os elogios feitos pela última auditoria do Tribunal de Contas (TC).

"A partir de 2011, a concessão Fertagus tornou-se um caso único na Europa, pois trata-se de uma empresa de capitais privados que realiza um serviço público de qualidade de transporte de passageiros [?] sem recorrer a compensações financeiras do Estado para o efeito", afirmou o ex-governante, considerando que a citação do TC é uma "brilhante sinopse".

Na intervenção inicial na comissão parlamentar de inquérito às parcerias público-privadas (PPP), António Mendonça afirmou que teve "intervenção completa" na concessão do comboio da ponte 25 de Abril, aquando da renegociação do contrato realizado em 2010.