Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo não se esforça para criar mercado ibérico do gás - Associação de Gás Natural

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 26 fev (Lusa) - O diretor executivo da Associação de Gás Natural (AGN), António Pires, afirmou hoje não encontrar por parte do Governo um esforço para se iniciar o mercado ibérico de gás natural (Mibgás), correndo-se "o risco de Portugal ser apenas um alargamento ao mercado espanhol".

António Pires, que falava num encontro de trabalho sobre o Mibgás em Lisboa, adiantou que, perante os recentes acontecimentos, "sente-se que não vai haver o mesmo sucesso do Mibel [mercado ibérico de eletricidade]", até porque os espanhóis, perante a indefinição política, estão a avançar para a criação de uma bolsa de mercado grossista chamada Bilbao Gás Hub.

O grupo OMI, responsável pelo mercado de eletricidade na Península Ibérica, que tem também participação portuguesa, anunciou recentemente que respondeu ao desafio e anunciou em junho passado que vai alargar a sua atividade ao setor do gás natural depois de terem constituído a empresa Mibgás, participada em partes iguais pelas sociedades OMIP (Portugal) e OMEL (Espanha).