Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo está a tentar "minorar" indemnização à concessionária doTúnel do Marão

Lusa Visão Verde

  • 333

Bragança, 05 abr (Lusa) -- O secretário de Estado adjunto da Economia justificou hoje o "compasso de espera" na retoma do Túnel do Marão com a tentativa do Governo de "minorar" a indemnização a pagar à concessionária para se apropriar da empreitada.

Almeida Henriques afirmou hoje, em Bragança, que a demora no reinício das obras paradas há quase dois anos "é mais um compasso de espera que resulta de criar as condições para que o país não gaste tanto dinheiro para concretizar um objetivo" que é o de concluir a autoestrada do Marão, que ligará Amarante e Vila Real e que inclui o túnel do Marão.

O governante explicou que "só agora é que a própria empresa (a Somague) abandonou o estaleiro e que se pode finalmente avançar para uma lógica do Estado se poder apropriar da infraestrutura que está feita e minorar o valor da indemnização".