Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo atribui quebra de passageiros nos transportes públicos ao aumento da fraude

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 03 dez (Lusa) - O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, relacionou hoje a perda de passageiros nos transportes públicos com o aumento da fraude e considerou que esta se deve essencialmente a motivos económicos.

"A redução do número de passageiros não significa uma perda. O número de validações é que está a diminuir, mas os transportes estão cheios e existe menos um quarto de automóveis a circular. Não tendo desaparecido as pessoas, nem tendo havido um aumento de automóveis, significa que continuam a andar de transportes", afirmou à Agência Lusa.

Barcos, comboios e metropolitanos de Lisboa e Porto transportaram menos 12,9 milhões de passageiros no terceiro trimestre de 2012, uma quebra que os especialistas justificam com a crise, o desemprego, a subida das tarifas e o fim dos descontos para estudantes.