Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Galp pede mais um ano ao Governo pela concessão de petróleo em Portugal

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 29 abr (Lusa) - O presidente da Galp revelou hoje que pediu mais um ano ao Governo para avançar com o projeto de prospeção de petróleo em Portugal, já que a concessão obrigava a empresa a investir cerca de 152 milhões de euros em 2013.

Manuel Ferreira de Oliveira disse hoje aos jornalistas na apresentação de resultados do trimestre da Galp que, perante os resultados de prospeção iniciais como o mapeamento a 2D e 3D nas concessões no mar de Peniche e Alentejo, necessitava de "mais tempo" para processar a informação e avançar para a fase seguinte, que é a perfuração de um poço experimental, um investimento de mais de 152 milhões de euros.

"Não podemos avançar com uma perfuração de mais de 230 milhões de dólares sem ter a certeza de que podemos encontrar alguma coisa", afirmou o presidente executivo da Galp, acrescentando que, nesse sentido, pediu à direção geral de Energia e Geologia a extensão do prazo para 2014 da obrigatoriedade de fazer um poço exploratório.