Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Frota da Sea Shepherd regressou à Austrália reivindicando vitória sobre o Japão

Lusa Visão Verde

  • 333

Sydney, 20 mar (Lusa) -- A frota da Sea Shepherd regressou hoje à Austrália, reivindicando vitória sobre o Japão, e Camberra indicou que o fundador da organização ecologista Paul Watson não será detido se se apresentar em terra.

Os navios Steve Irwin, Bob Barker e Sam Simon regressaram à Austrália depois de uma campanha no Antártico iniciada em novembro contra a atividade dos baleeiros japoneses, que culminou em confrontos que causaram às embarcações da organização danos estimados em cerca de 800 mil euros.

A localização do quarto navio, o Brigitte Bardot, não foi revelada, já que a bordo está o canadiano Paul Watson, procurado pela Interpol a pedido da Costa Rica, onde é acusado de ter colocado em perigo uma tripulação durante uma operação contra a caça de tubarões em 2002.