Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Famílias já não conseguem pagar prestações de lares e creches sociais

Lusa Visão Verde

  • 333

Bragança, 16 nov (Lusa) -- As instituições sociais do distrito de Bragança contabilizam já "milhares de euros" de dívidas em creches e lares relativas a pagamentos em atraso de comparticipações que as famílias não conseguem pagar devido à quebra de rendimentos.

Nas creches e jardins-de-infância da Santa Casa da Misericórdia de Bragança (SCMB), estas comparticipações correspondem, em muitos casos, a apenas o abono de família, mas já nem esse valor conseguem pagar porque faz falta para alimentar as crianças em casa, como relatou hoje à Lusa o provedor, Eleutério Alves.

A instituição que dirige presta serviço a cerca de 900 utentes por dia, entre crianças e idosos, e "tem já alguns milhares de euros de dívidas" de comparticipações que as famílias não conseguem pagar em função da conjuntura atual.