Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Escolas usam lucros do bar, papelaria e aluguer de pavilhões para ajudar crianças carenciadas

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 17 out (Lusa) -- Algumas escolas estão a recorrer aos lucros conseguidos no bar, papelaria ou aluguer de pavilhões para socorrer ao aumento de crianças carenciadas que ainda não estão abrangidas pelo Apoio Social Escolar (ASE).

Todos os dias, professores e funcionários das escolas descobrem novos casos de alunos carenciados, que tentam ajudar dando refeições quentes, lanches e manuais escolares. Muitas destas crianças pertenciam a famílias de classe média que ficaram repentinamente no desemprego.

Em apenas um ano, o número de desempregados no país aumentou quase 130 mil. E, só entre agosto e setembro, mais de 10 mil pessoas ficaram sem emprego. O reflexo desta situação já se sente nas salas de aula.