Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Eixo pede investigação a Bruxelas sobre atraso na interoperabilidade nas portagens ibéricas

Lusa Visão Verde

  • 333

Viana do Castelo, 22 nov (Lusa) - A Comissão Europeia recebeu esta semana uma participação do Eixo Atlântico a pedir uma investigação aos atrasos na concretização da interoperabilidade entre os sistemas eletrónicos de cobrança de portagens de Portugal e Espanha.

A queixa deu entrada na quarta-feira no gabinete do Comissário Europeu responsável pelo Mercado Interno e Serviços, Michel Barnier, e denuncia "suspeitas" de "conflito de interesses económicos", envolvendo as duas operadoras responsáveis pela concretização do sistema de interoperabilidade, processo que continua por concretizar.

Acrescenta o Eixo que as questões técnicas deste sistema "estão ultrapassadas", mas que mesmo assim as operadoras responsáveis pela cobrança através da Via Verde (Brisa) e Via-T (Audasa) continuam a sujeitar a "necessária mobilidade" entre os dois países "aos interesses económicos individuais", face ao "atraso" neste processo.