Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EDP vai jogar à defesa em 2013 para contra-atacar no ano seguinte -- António Mexia

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 05 mar (Lusa) -- O presidente da EDP admitiu hoje que 2013 vai ser "tão ou mais difícil do que 2012", ano em que os lucros da elétrica caíram, admitindo que será para "jogar à defesa" e criar condições para crescer em 2014.

"2013 vai ser um ano tão ou mais difícil do que 2012", admitiu hoje o presidente da EDP, António Mexia, na apresentação de resultados, considerando que, no atual exercício, "há várias coisas a menos e não haverá muitas a mais".

O presidente da EDP explicou que será um ano para "jogar à defesa", considerando que "é preciso começar por não sofrer golos para conseguir ganhar o jogo".