Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cozinha Económica de Coimbra alerta para dificuldade em manter número de refeições

Lusa Visão Verde

  • 333

Coimbra, 25 nov (Lusa) - A Associação Cozinhas Económicas Rainha Santa Isabel, que serve mais de 500 refeições por dia, a preços simbólicos, alerta para a dificuldade em manter o número de refeições servidas, tentando cativar novos associados.

"Corremos o risco ou de reduzir o número de pessoas que não paga a sua refeição, ou considerar que todos têm de pagar alguma coisa", explicou à agência Lusa Arminda Lemos, presidente da associação de Coimbra.

A situação das Cozinhas Económicas é "muito complicada e difícil", afirmou Arminda Lemos, contando que o apoio que a associação recebe da Segurança Social "não é atualizado" e que o número de refeições servidas tem aumentado "ao longo dos últimos três anos".