Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Corte de 25% no segundo pilar da PAC é "inadmíssivel" - Assunção Cristas

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 31 jan (Lusa) - A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, afirmou hoje que um corte de 25% no segundo pilar da Política Agrícola Comum (PAC) "não é de todo admissível" e que Portugal "não pode admitir um corte desproporcional".

"Os menos 25% no segundo pilar [das verbas atribuídas a Portugal] não são de todo admissíveis. Nós sabemos que há um corte geral (...), mas sabemos que não podemos admitir um corte desproporcional, injustificado e que vai contra aquilo que nós consideramos que é um setor absolutamente dinâmico, vivo, em crescimento e a dar um contributo muito válido e muito sólido para a nossa recuperação económica", disse Assunção Cristas.

Num discurso proferido no encerramento do IX Congresso Nacional do Milho, que terminou hoje em Lisboa, a governante afirmou que espera que a discussão em torno das perspetivas financeiras esteja "em fecho para a próxima semana".