Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Corporación América admite subir a oferta pela ANA na proposta final

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 21 nov (Lusa) - A Corporación América, que lidera um dos cinco consórcios que passaram à segunda fase na corrida à privatização da ANA, admitiu hoje aumentar o valor da oferta pela concessionária, realçando ser a única candidata com ligação ao Brasil.

"A informação recebida é enorme e estamos a analisar para depois fazer uma nova avaliação da ANA", afirmou o presidente executivo da Corporación América Airports, empresa de capitais argentinos que lidera o consórcio Eama, admitindo aumentar o valor da oferta feita na proposta não vinculativa, que terá que ser entregue até 14 de dezembro.

Num encontro com jornalistas em Lisboa, Martin Eurnekian defendeu que Corporación América tem "como objetivo crescer na Europa, a partir da América Latina", destacando a ligação que tem com o Brasil.