Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Companhias aéreas admitem sair dos aeroportos portugueses devido ao aumento das taxas - Associação

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 04 fev (Lusa) -- As companhias aéreas admitem abandonar ou reduzir a ocupação nos aeroportos portugueses, devido ao aumento das rendas e taxas, segundo a RENA -- Associação Representativa das Empresas de Navegação, que solicitou audições com a ANA e o Ministério da Economia.

"Os recentes aumentos das taxas e rendas, em contraciclo com o mercado, nos aeroportos estão a preocupar os membros da RENA. Alguns equacionam mesmo abandonar ou reduzir os espaços nos principais aeroportos portugueses", denunciou hoje a associação representativa de companhias como a Air France, a Iberia, a Lufthansa e a TAP.

Em comunicado, a RENA considerou que se trata de "um aproveitamento claro do monopólio, por parte da ANA, que é completamente incomportável na estrutura de custos das companhias aéreas".