Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cobranças coercivas renderam 475,5 milhões à Segurança Social até outubro - Marco António Costa

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 12 nov (Lusa) - O Governo arrecadou até outubro 475,5 milhões de euros em dívidas à Segurança Social através de cobranças coercivas, mês em que cobraram 48,7 milhões euros, anunciou hoje o secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social.

Marco António Costa, que está a ser ouvido no parlamento pelas Comissões de Orçamento e Finanças e da Segurança Social, revelou que "estes 475,5 milhões de euros acumulados traduzem-se num aumento de 40 milhões de euros" face ao acumulado até outubro do ano de 2011.

Numa comparação homóloga mensal, o aumento face a outubro de 2011 é de 8,6 milhões de euros, de acordo com o governante.