Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CNA celebra 35 anos responsabilizando "agro-negócio" por "atentados sanitários"

Lusa Visão Verde

  • 333

Coimbra, 03 mar (Lusa) -- A CNA responsabilizou hoje a "ditadura do agro-negócio internacional" por diversos "atentados sanitários" nos últimos anos e pela destruição da agricultura familiar.

Na "ânsia de lucro sem escrúpulos", o agro-negócio da indústria e da distribuição "tem provocado sucessivos atentados sanitários, como o das vacas loucas, dos frangos com nitrofuranos, dos pepinos contaminados com bactérias", acusou Alfredo Campos, da direção da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), que assinalou hoje 35 anos de existência.

"Alastram problemas de sanidade alimentar e vegetal. As pragas florestais são devastadoras. O crédito é inacessível, milhares de agricultores são arruinados, os preços dos nossos produtos raramente compensam, mas os preços dos fatores de produção não param de crescer", afirmou.