Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cimeira UE-Rússia expõe diferenças entre Bruxelas e Moscovo sobre política de energia e regime de vistos

Lusa Visão Verde

  • 333

Bruxelas, 21 dez (Lusa) -- A 30.ª cimeira UE-Rússia, hoje celebrada em Bruxelas, evidenciou as diferenças entre as partes em matérias como a política energética e o regime de vistos, suscitando uma animada troca de palavras entre os presidentes da Federação Russa e da Comissão Europeia.

A conferência de imprensa no final da cimeira terminou mesmo de forma invulgar, com Putin a pedir a palavra depois de um porta-voz ter dado por concluída a sessão de perguntas e respostas, para comentar que o seu "amigo" Durão Barroso, na sua última intervenção, sobre a nova legislação comunitária no domínio energético, "defendeu a sua posição de forma tão detalhada e emocionada porque sabe que está errado, sabe que está errado".

Em causa estão as diferenças entre Bruxelas e Moscovo sobre a nova legislação comunitária em matéria energética, que a Rússia considera discriminatória, como o reafirmou hoje Putin, algo com que Durão Barroso disse discordar.