Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chouriças e presunto de Melgaço com origem protegida para garantir autenticidade

Lusa Visão Verde

  • 333

Melgaço, 20 nov (Lusa) - O concelho de Melgaço deverá ter quatro produtos classificados como de Indicação Geográfica Protegida (IGP), entre chouriças e presunto, segundo um pedido apresentado na Comissão Europeia para garantir a respetiva autenticidade.

Os pedidos para classificação da chouriça de sangue e de carne, do presunto e do salpicão, com referência local, foram apresentados ao ministério da Agricultura pela Melgaço Rural, uma associação de produtores locais. Aguarda-se agora decisão final da Comissão Europeia, que por sua vez recebeu o pedido formal de proteção a 02 de julho.

Contudo, a título "transitório", segundo o despacho publicado hoje em Diário da República, os quatro produtos, desde que obedeçam às regras de preparação agora definidas, poderão desde já apresentar a denominação de Indicação Geográfica (IG), com referência a "Melgaço" e respetivo logótipo.