Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Centro Emergência da UE já a postos para ajudar países do sul a combater fogos

Lusa Visão Verde

  • 333

Bruxelas, 08 jul (Lusa) -- O novo Centro de Resposta a Emergências (CRE) da União Europeia já está a monitorizar os riscos de incêndios florestais na Europa e em contacto regular com os países com maiores probabilidades de precisarem de apoio, como Portugal.

De acordo com uma nota hoje divulgada pela Comissão Europeia, ao longo do verão, a CRE organiza vídeoconferências semanais com os países com maiores riscos de incêndios florestais e cujas capacidades nacionais podem vir a revelar-se insuficientes, especificando que os países mais "propensos" a fogos são Espanha, Croácia, Portugal, Grécia, Itália e França.

O presidente da Comissão, Durão Barroso, inaugurou em maio passado, em Bruxelas, o Centro de Resposta a Emergências (ERC), que tem como função coordenar o envio de ajuda humanitária e a atuação da proteção civil da União Europeia.