Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cândida Almeida informou magistrados do DCIAP que vai deixar de ser diretora

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 18 fev (Lusa) -- A diretora do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), Cândida Almeida, informou hoje os seus colaboradores de que não iria continuar no cargo, disse à Lusa fonte do Ministério Público.

Segundo a mesma fonte, Cândida Almeida reuniu-se hoje com os procuradores do DCIAP comunicando-lhes que não iria ser reconduzida no cargo que ocupa há 12 anos e cuja comissão de serviço termina em março.

Cabe agora à procuradora-geral da República propor o nome da pessoa que irá substituir Cândida Almeida no cargo, sendo já apontados possíveis sucessores, designadamente os magistrados Euclides Dâmaso, Orlando Romano, Helena Fazenda e Maria José Morgado.