Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cabo Verde quer reduzir sinistralidade rodoviária para metade até 2020

Lusa Visão Verde

  • 333

Cidade da Praia, 06 mai (Lusa) - Cabo Verde quer reduzir a sinistralidade e mortalidade rodoviária para metade até 2020, apesar de a situação "não ser alarmante", afirmou hoje o diretor-geral da Viação e Segurança Rodoviária (DVGTR) cabo-verdiano.

José João de Pina, citado pela Inforpress, lembrou os dados contidos no primeiro e único relatório sobre sinistralidade rodoviária, referente a 2011, dá conta de um total de 3.940 acidentes, de que resultaram 63 mortos e 811 feridos, 80 deles com "sequelas invalidantes".

O segundo relatório, referente a 2012, será apresentado na próxima quinta-feira.