Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cabo Verde: 37% de energia produzida pela Electra perde-se em avarias, roubos e falta de pagamento

Lusa Visão Verde

  • 333

Cidade da Praia, 15 jul (Lusa) - A empresa cabo-verdiana de produção e abastecimento de água e energia perde atualmente 37 por cento da eletricidade que gera devido a avarias técnicas, roubos e falta de pagamento, revelou hoje o presidente do conselho de administração da Electra.

Alexandre Fortes lembrou que as dívidas à Electra ascendem a quatro milhões de contos (36,2 milhões de euros) e sublinhou que 25 por cento é da responsabilidade das câmaras municipais, salientando os esforços na restruturação da empresa, quer no setor comercial, quer na fiscalização das zonas com mais perdas.

Falando aos jornalistas durante uma visita do ministro do Turismo, Indústria e Energia cabo-verdiano, Humberto Brito, às infraestruturas de água e energia na Cidade da Praia, Fortes admitiu que 12 por cento das perdas provém da má qualidade da rede e os restantes 25 por cento por roubos e incumprimentos no pagamento.