Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Buraco de ozono na Antártida "encolhe" para tamanho mais pequeno em 25 anos

Lusa Visão Verde

  • 333

Tóquio, 25 out (Lusa) -- O buraco da camada de ozono na Antártida "encolheu" para ao seu tamanho mais pequeno em 25 anos, indicou hoje a Agência Meteorológica do Japão, advertindo, porém, que tal não significa necessariamente que a camada se esteja a recuperar.

Dados de cientistas japoneses, difundidos pela televisão pública NHK, indicam que o buraco de ozono atingiu um tamanho de 20,8 milhões de quilómetros quadrados, a 22 de setembro, o máximo desde o início do ano.

A área representa 1,5 vezes a superfície do continente branco, mas é, ao mesmo tempo, a mais pequena registada desde 1987, altura em que foi assinado o Protocolo de Montreal para preservar a camada de ozono.