Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bruxelas propõe quota de 40% para mulheres em cargos não executivos de administração

Lusa Visão Verde

  • 333

Bruxelas, 14 nov (Lusa) -- A Comissão Europeia apresentou hoje, em Bruxelas, uma proposta que considera "histórica" visando uma quota de 40 por cento (%) de mulheres em lugares não executivos de topo das empresas cotadas em bolsa, em 2020.

Para as empresas públicas, sobre as quais as autoridades públicas exercem uma influência dominante, a meta para o cumprimento é 2018.

Segundo dados de Bruxelas, prevê-se que a proposta se aplique a cerca de 5.000 empresas cotadas na União Europeia (UE), ficando excluídas as pequenas e médias empresas (com menos de 250 trabalhadores e um volume de negócios anual mundial não superior a 50 milhões de euros) ficam excluídas desta medida.