Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Medidas são "desagradáveis" mas ajuda financeira obriga a contrapartidas - Nogueira Leite

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 20 set (Lusa) - O economista António Nogueira Leite disse hoje que as medidas que o Governo anunciou são "desagradáveis", mas considerou que como Portugal está sob assistência financeira tem de oferecer algumas contrapartidas.

"As medidas são degradáveis mas não nos podemos esquecer que estamos a ajustar 15 a 20 anos de desmandos", afirmou o vice-presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD) à entrada para um evento no Grémio Literário em Lisboa.

Quando questionado pelos jornalistas sobre o eventual aumento da contribuição dos trabalhadores para a Segurança Social, Nogueira Leite preferiu não se referir diretamente a esta medida, uma vez que "ainda não é conhecido o pacote completo do Governo", mas considerou que Portugal "não é independente financeiramente temporariamente" pelo que "o apoio financeiro dos credores tem contrapartidas".