Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Belmiro de Azevedo diz que em Portugal "é tudo navegação à vista"

Lusa Visão Verde

  • 333

Porto, 11 set (Lusa) - O chairman da Sonae, Belmiro de Azevedo, disse na segunda-feira que Portugal não tem uma estrutura de avaliação dos impactos das medidas que implementa, alertando que apenas se faz "navegação à vista" e há "erros permanentes".

À margem da conferência "Portugal e os Desafios da Segurança Energética", no Porto, Belmiro de Azevedo foi questionado pelos jornalistas sobre se a descida da Taxa Social Única (TSU) para as empresas, anunciada na sexta-feira pelo primeiro-ministro, vai ajudar à criação de emprego.

"Portugal não tem uma estrutura estatística nem de avaliação dos impactos. Quando se faz uma coisa, o que é que altera no outro lado? E esse é que é o problema. Nós verificamos que há erros permanentes", respondeu.