Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Amadeu Guerra indicado pela procuradora-geral da República para direção do DCIAP

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 27 fev (Lusa) - O procurador-geral adjunto Amadeu Guerra foi hoje proposto pela procuradora-geral da República, ao Conselho Superior do Ministério Público, para suceder a Cândida Almeida, na direção do DCIAP, disse à agência Lusa fonte do Ministério Público.

Amadeu Guerra, de 58 anos, deverá ser nomeado na reunião de quinta-feira do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP), presidido pela PGR, Joana Marques Vidal.

O magistrado, com reconhecidas capacidades de liderança e de mobilização de equipas, deverá suceder a Cândida de Almeida, diretora do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) nos últimos 12 anos, que investigou processos de criminalidade económica e financeira, como Freeport, Portucale, BPN, Monte Branco, Operação Furação e Submarinos.