Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Agricultura pode perder centenas de milhões de euros devido a cortes comunitários

Lusa Visão Verde

  • 333

Lisboa, 30 jan (Lusa) - A redução do orçamento comunitário para a Política Agrícola Comum (PAC) pode significar "perdas importantes" para Portugal, implicando cortes de 3% nas ajudas diretas e 25% nos apoios ao desenvolvimento rural, afirmou o secretário de Estado da Agricultura.

O corte pode chegar às centenas de milhões de euros, já que Portugal perderia 18 dos cerca de 600 milhões de euros que recebe atualmente de ajudas diretas, mais 250 milhões de euros para o desenvolvimento rural.

"Portugal pode ter perdas importantes. Quando falamos de 25% de quebra do desenvolvimento rural estamos a falar de mil milhões de euros. Obviamente, não queremos um cenário desses", afirmou José Diogo Albuquerque, à margem do IX Congresso Nacional do Milho, sublinhando que só nos últimos dois ou três anos se começou a implementar o Programa de Desenvolvimento Rural (PRODER) e que está agora "em pleno funcionamento.