Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Zona euro desalinhada do resto do mundo nas medidas para combater crise - George Soros

Lusa economia

  • 333

Davos, 26 jan (Lusa) -- O bilionário George Soros considerou hoje que a zona euro está desalinhada face ao resto do mundo no que diz respeito às medidas consideradas necessárias para sair da crise económica, especialmente pela recusa de injetar mais dinheiro nas economias.

"A zona euro, dominada pela Alemanha, está desalinhada com o resto do mundo e, ainda que a crise do euro esteja mais ou menos controlada, continua a existir uma grande desacordo sobre a forma de sair da recessão", afirmou o bilionário americano, nascido na Húngria, numa entrevista à agência Bloomberg no âmbito do Fórum Económico Mundial que decorre em Davos, na Suíça.

Este desacordo "agudizou-se este ano após o Japão decidir mudar de rumo", afirmou o financeiro em referência à decisão do Banco Central do Japão de promover uma política centrada em reanimar uma economia estagnada e presa na deflação, com a compra de ativos como forma de injetar mais dinheiro na economia (banco central cria dinheiro para comprar ativos dos bancos, liberta os balanços dos bancos que acabam por ter mais liquidez para emprestar).