Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuela: Entrada no Mercosul fortalecerá economia face aos efeitos da crise mundial -- Banco Central

Lusa economia

  • 333

Caracas, 28 jul (Lusa) - A entrada da Venezuela no Mercado Comum do Sul (Mercosul), oficialmente marcada para o dia 31, contribuirá para fortalecer a economia contra os efeitos da crise económica mundial, defendeu na sexta-feira o vice-presidente do Banco Central da Venezuela.

"É um passo bastante importante que oferece benefícios para o país e o mais importante é que se consegue, num contexto de uma economia mundial que apresenta turbulências bastante fortes, que estes processos de integração possam contribuir para amortizar os seus efeitos", disse Eudomar Tovar.

Segundo o mesmo responsável o Mercosul, que concentra mais de 200 milhões de pessoas, representa um mercado importante para o setor exportador venezuelano.