Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Venezuela: Dose excessiva de capitalismo levou Europa à crise - Hugo Chávez

Lusa economia

  • 333

Caracas, 28 jul (Lusa) - A aplicação de uma dose excessiva de capitalismo levou a Europa à crise, defendeu na sexta-feira, em Caracas, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, durante um ato no palácio presidencial de Miraflores.

"Aos países pobres, aplicaram uma sobredose de capitalismo, um modelo voraz que tritura a classe média e os setores populares em benefício da concentração das grandes elites", disse.

Hugo Chávez falava durante um ato de concessão de crédito, através da banca pública, a pequenos e médios produtores, durante o qual sublinhou que o Produto Interno Bruto na Europa é negativo e, por isso, milhares de pessoas perdem os seus empregos, ao contrário da Venezuela, onde o enfoque económico permite apoiar o povo.