Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vendas no comércio a retalho caem 1,5% até junho para 8,6 mil ME -APED

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 03 set (Lusa) -- O volume global de vendas do comércio a retalho (alimentar e não alimentar) caiu 1,5% nos seis primeiros meses de 2013, para 8.591 milhões de euros, revela o barómetro da Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição (APED).

A evitar uma maior queda estiveram as vendas de produtos alimentares, que aumentaram 2,1% no primeiro semestre deste ano, comparativamente a igual período de 2012, situando-se em 5.020 milhões de euros. De acordo com o barómetro de vendas da APED, esta "pequena subida" ficou a dever-se à forte política de promoções e oferta de propostas de valor que permitiram ao retalho alimentar "travar as quedas".

No caso do retalho não alimentar, o volume de vendas caiu 6,1% para 3.571 milhões de euros, no período em análise, o que se deveu ao contexto macroeconómico recessivo e à quebra no rendimento das famílias.