Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UE/Finanças: Ministros dos 27 levantam suspensão de fundos à Hungria

Lusa economia

  • 333

Luxemburgo, 22 jun (Lusa) -- Os ministros das Finanças da União Europeia, reunidos hoje no Luxemburgo, concordaram em levantar a suspensão de fundos de coesão à Hungria, seguindo a recomendação da Comissão Europeia, por Budapeste ter tomado medidas para corrigir o seu défice.

Em janeiro passado, e fazendo uso pela primeira vez dos novos poderes que possui no quadro do chamado "6 pack" - as novas regras de reforço da governação económica -, a Comissão Europeia fez uma avaliação negativa das medidas adotadas pela Hungria ao longo dos últimos anos para reduzir o seu défice e recomendou a aplicação de medidas suplementares dirigidas ao país que, por não ser membro da zona euro, não pode ser sujeito a multas, mas poderia ver congelados os fundos de coesão de que beneficia.

Na sequência desse parecer, em março último, a União Europeia decidiu suspender a entrega de 495 milhões de euros em fundos de coesão à Hungria, com efeitos a partir de janeiro de 2013, admitindo levantar a sanção se, até junho, Budapeste tomasse as medidas corretivas necessárias.