Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UE/Crise: Rajoy e Monti consideram "positivas" declarações do presidente do BCE

Lusa economia

  • 333

Madrid, 2 ago (Lusa) -- Os chefes de Governo espanhol e italiano consideraram hoje "positivas" as declarações do presidente do BCE, escusando-se a comentar as declarações de Mario Draghi de que uma eventual compra de dívida soberana estaria condicionada a um pedido dos interessados.

Mariano Rajoy e Mario Monti foram questionados numa conferência de imprensa conjunta sobre as declarações de Draghi, que afirmou hoje que o BCE está preparado para comprar dívida soberana, mas que, segundo a imprensa espanhola, essa medida está condicionada a um eventual pedido de ajuda de Espanha e Itália ao fundo de resgate.

O líder espanhol foi o mais renitente a fazer qualquer referência ao tema, escusando-se a confirmar se Espanha vai ou não recorrer ao resgate, tendo Monti recordado que já no passado afirmou que, se for necessário, Itália recorrerá a esse instrumento europeu.