Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UE/Cimeira: Comissão de Assuntos Económicos do PE contesta processo de nomeação de membro do BCE

Lusa economia

  • 333

Bruxelas, 23 nov (Lusa) -- A comissão de Assuntos Económicos Financeiros do Parlamento Europeu (PE) contestou hoje, pelos líderes europeus, a nomeação do luxemburguês Yves Mersch para a a comissão executiva do Banco Central Europeu (BCE), considerando que esta não foi democrática.

"O BCE tem a partir de agora um membro na sua mais alta instância que não foi mandatado de forma democrática", afirmou a presidente da comissão do PE, a liberal Sharon Bowles.

A deputada acusou os chefes de Estado e de Governo dos 27 de entenderem a democracia como um meio para atingir um fim e que pode ser contornada, em caso de necessidade.