Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UE quer suspender exploração da madeira na Guiné-Bissau para preservar ambiente

Lusa economia

  • 333

Bissau, 8 ago (Lusa) - A União Europeia (UE) defende que seja suspensa a exploração comercial da madeira na Guiné-Bissau por um período de três anos para evitar um problema ambiental no país, anunciou a representação da UE na capital guineense.

O organismo segue "com preocupação o recente aumento de corte de árvores e exportação da madeira que ameaçam os recursos naturais", refere num comunicado divulgado na quarta-feira.

O corte indiscriminado de árvores tem sido denunciado pela população em vários pontos do país desde o início do ano e foi testemunhado pela agência Lusa no mês de junho na região de Quebo, no sul da Guiné-Bissau.