Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Três institutos europeus recomendam menos austeridade para fomentar crescimento

Lusa economia

  • 333

Paris, 29 nov (Lusa) -- Três institutos europeus recomendaram hoje que as políticas de austeridade que têm vindo a ser seguidas por vários países do sul da União Europeia sejam flexibilizadas e diminuídas para estimular o crescimento económico.

Num relatório conjunto do Observatório Económico Francês, do Conselho Económico do Movimento Trabalhista da Dinamarca e do Instituto alemão de Política Macroeconómica, as três organizações argumentaram, citadas pela AFP, que a austeridade se tornou em algo "autoderrotado".

"A redução do crescimento económico faz com que a sustentabilidade da dívida pública seja menos provável", escreveram os autores do documento conjunto.