Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trajetória da dívida pública prevista no DEO comporta incerteza significativa - UTAO

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 16 mai (Lusa) - A trajetória da dívida pública, que segundo o Governo estabiliza em 2014 e alivia a partir de 2015, comporta um grau de incerteza significativo, segundo a análise técnica da UTAO ao Documento de Estratégia Orçamental (DEO) para 2013-2017.

"A projeção para a dívida pública envolve riscos, nomeadamente porque depende da concretização de fatores com efeito ao nível do ajustamento défice-dívida já em 2013 (e cujo detalhe se desconhece)", sublinha a Unidade Técnica de Apoio Orçamental da Assembleia da República (UTAO) num parecer a que a Lusa teve acesso.

As projeções do DEO para a dívida pública apontam para uma estabilização em torno dos 124% do Produto Interno Bruto (PIB) até 2014 e para o início de uma trajetória descendente a partir do ano seguinte, atingindo 115% do PIB em 2017 (212,1 mil milhões de euros).