Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalho: Processos documentais ineficazes provocam "incidentes graves" na maioria das empresas - Estudo

Lusa economia

  • 333

Porto, 15 set (Lusa) -- Três em cada quatro empresas sofreram "incidentes graves" nos últimos cinco anos devido a processos documentais ineficazes, revela um estudo hoje divulgado, que alerta para os "substanciais prejuízos financeiros" envolvidos.

Segundo as conclusões do trabalho -- desenvolvido pela IDC com o patrocínio da Ricoh - as falhas nos processos documentais são ainda "uma área desconhecida das empresas", mas têm tido "consequências graves": "36 por cento das empresas inquiridas não conseguiram cumprir os requisitos de conformidade, 30 por cento perderam colaboradores chave e 25 por cento perderam clientes de relevo", aponta.

Em alguns casos, as falhas implicaram ainda "graves violações de segurança", a sujeição a uma auditoria minuciosa, uma crise de relações públicas ou, mesmo, um processo judicial.