Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalho: A flexisegurança falhou, diz Poul Rasmussen, o pai do conceito

Lusa economia

Lisboa, 28 abr (Lusa) -- Poul Rasmussen, o antigo primeiro-ministro dinamarquês que adotou primeiro as políticas laborais da flexisegurança, disse em entrevista à agência Lusa que este mecanismo falhou porque os governos conservadores europeus manipularam o conceito para prejudicar os trabalhadores.

"Eu vejo o meu bebé a ser manipulado e incompreendido. Vejo o presidente Sarkozy, em França, a falar só da flexibilidade e a esquecer tudo sobre a segurança, e o mesmo se passa com a maioria conservadora na Europa", afirmou Rasmussen, atual presidente do Partido Socialista Europeu e primeiro-ministro da Dinamarca, entre 1993 e 2001, em entrevista à Lusa.

"Fui eu que tomei a iniciativa de criar um mercado laboral moderno, justo e flexível. E o que eu tenho visto na Europa é que a maioria dos Governos europeus, conservadores, adoram a palavra flexibilidade mas esqueceram-se da palavra segurança", acrescentou.