Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores dos estaleiros de Viana lamentam perda de mais um negócio pela empresa

Lusa economia

  • 333

Viana do Castelo, 08 jan (Lusa) - A comissão de trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) lamentou hoje a perda de mais um negócio, no caso a habitual reparação do 'Lobo Marinho', ferryboat construído na empresa há uma década.

"Pelo que nos disseram foi por uma questão de preço, no orçamento apresentado pelos ENVC. Não é normal ter uma empresa com 630 trabalhadores parados quando, por exemplo, a Lisnave fez 77 reparações nos primeiros nove meses de 2012", disse à agência Lusa o porta-voz da comissão de trabalhadores, António Costa.

O ferryboat 'Lobo Marinho', que assegura as ligações marítimas entre ilhas da Madeira e do Porto Santo, fez na segunda-feira a última viagem antes de rumar aos estaleiros Astican, em Las Palmas (Ilhas Canárias, Espanha), para uma reparação a realizar em doca seca.